DICAS DE FOTOGRAFIA



>>> Como limpar as lentes da máquina

Ao finalizar o seu trabalho e após descarregar os arquivos, lá se vai o equipamento para o armário, poucos fotógrafos se dão o trabalho de limpar suas lentes, seja por preguiça ou por não saber higienizá-las.

Existem varias maneiras de se proceder a limpeza das lentes, porém nem todos são corretos e principalmente seguros, já que estamos tratando de equipamento de um custo, relativamente alto. O melhor é adquirir um KIT DE LIMPEZA que são vendidos em lojas especializadas. Mas se na sua cidade não encontra, então vamos lá!


O que usar:

Tenha em mente, que você esta manuseando algo que pode ser danificado, irrecuperavelmente, por um grão de areia, pó, ou qualquer corpo estranho, com uma consistência mais rígida, tendo isso em mente, não esfregue nada na lente como paninhos, flanelas, mesmo algodão, pois podem riscá-la.


Limpeza prévia:

Tenha em mãos, pincéis com cerdas macias, tipo do usado em maquiagem para espalhar o pó no rosto das modelos, tenha também, uma bombinha “fuc fuc”, ou uma lata de spray de ar comprimido (não se deve assoprar a lente, alias nem tão pouco se deveria assoprar em velas de bolo de aniversario, pois você alem do sopro, manda um monte de saliva,então pare de cuspir e isso não é legal nem para a lente e nem para quem vai comer o bolo) use o “fuc fuc”, ou ar comprimido antes e depois passe o pincel.


Limpeza Liquida:

Esqueça produtos líquidos para limpeza de óculos, álcool isopropilico ou limpa vidros, eles podem causar mais danos do que benefícios, alguns desses produtos tem em sua formulação, álcool comum e silicone, que podem danificá-la, quanto ao álcool isopropilico, ele tem um tempo para secagem maior e pode manchar a lente, álcool comum nem pensar.

Use líquidos feitos especificamente para limpeza de lentes, se você que eles são caros, saiba de uma coisa: suas lentes, custam bem mais que eles. Vale a pena arriscar?


O uso de líquidos especiais na limpeza, só é necessário em sujeiras mais persistentes, rotineiramente, “fuc-fuc”, spray de ar comprimido e um paninho seco (atenção, não é qualquer paninho, que serve).

Quando for escolher um pano para limpar sua lente, sempre use panos que sejam macios e não soltem fiapos, você pode encontrar esses “paninhos” em lojas especializadas.


Você também pode utilizar folhas de papel para limpeza a seco. Nunca utilize papeis para a limpeza com líquido. Para evitar que o papel se desfaça nos cantinhos utilize cotonete, mas atenção: você esta fazendo a limpeza de um material delicado, então passe o papel, pano, cotonete ou pincel delicadamente, você não esta lixando ou pintando um portão.


Cuidados adicionais

Se a sujeira persistir mesmo com o uso das soluções próprias para a limpeza, não tente utilizar nada mais pesado ou forte,  pois você pode acabar danificando permanentemente a sua lente. Leve a sua máquina à assistência especializada para que seja feita uma limpeza correta. Saiba quando parar e entregar o serviço para ser executado por profissionais, lembre-se sempre, as lentes são caras! Mantenha suas lentes sempre protegidas pelas tampas.


============================================================================
 

>>> Cuidados com o equipamento fotográfico

Tudo bem se você não é dono de um set de equipamento fotográfico caríssimo, mas leia o texto até o fim, pois isso pode economizar um troco para você.


Use

Manter seu equipamento em uso é uma das melhores maneiras de garantir o seu bom funcionamento, ai você me diz, e o desgaste pelo uso? Ok, existe o desgaste, mas o que você prefere gastar para limpar uma lente tomada por fungos? Quando se limpa os fungos de uma lente, o revestimento dela é afetado. Usando seu equipamento, você o mantém longe de fungos, engrenagens  lubrificadas e borrachas livres de ressecamento.


Controlar a umidade sempre que possível

Mantenha suas lentes em uma área com umidade controlada, especialmente se você vive perto da costa ou em uma região úmida. O excesso de umidade ajuda o crescimento de fungos em suas lentes, que, ao longo do tempo levará a má qualidade de imagem. Uma vez que o crescimento dos fungos tenha começado, é quase impossível removê-lo completamente, sem danificar o revestimento da lente. Em contrapartida, a baixa umidade (abaixo de 20%) pode secar o lubrificante e ressecar borrachas.

Neste caso, prevenir é certamente melhor do que remediar. E a prevenção é fácil, basta usar seu equipamento, ter um desumidificador ou sílica gel ajuda bastante, mas nunca deixe a umidade abaixo de 20%, pois pode ocorrer o ressecamento das borrachas e lubrificantes


Evite forte vibrações no seu equipamento

Sua máquina é um item eletrônico e delicado, por isso, deve ser mantido longe de vibrações. Vibrações fazem parafusos se soltar e, eventualmente cair. Imagine um parafuso solto dentro de um equipamento de precisão tal como sua maquina fotográfica. Vibrações também podem afetar a calibração dos itens de seu equipamento.


Para o transporte de seu equipamento, tenha uma bolsa com compartimentos acolchoados.


Chegou do trabalho limpe tudo (sem preguiça), seu equipamento é alérgico a poeira

Poeira, areia e umidade são os piores inimigos de uma câmera, pior que você pode fazer é mantê-lo em um ambiente com esses elementos ao redor.

  • A poeira fica incrustada em lugares inconvenientes e é muito difícil se livrar dela uma vez que ela entre no  corpo da câmera.
  • A areia é extremamente abrasiva e em qualquer quantidade, pode danificar qualquer parte móvel em sua câmera.
  • A umidade / água, são uma combinação letal. Mantenha a câmera o mais seca possível, mesmo que o fabricante diga que a câmera é à prova de água. Após o uso, seque e limpe-a. Além disso, a umidade é ruim para suas lentes, lembra? Fungos.

Use filtros UV em suas lentes, apesar de muitos fotógrafos dizerem que afeta a imagem, é um item barato que protege sua lente e depende muito de fotógrafo para fotógrafo o achar que danifica a imagem final, quer tirar a duvida? Faça duas imagens iguais, câmera no tripé, abertura, velocidade, iso, tudo igual, só que uma com e outra sem o filtro e tire conclusões.

O elemento frontal da sua lente está sempre exposta, digitais, poeira,  muitas vezes arranhões, não são difíceis de acontecer, por mais cuidadoso que você seja. Colocar um filtro ultra-violeta na sua lente mantém ela um passo longe desses eventos desastrosos. Você pode deixá-lo o tempo todo, pois têm um efeito muito menor sobre as fotografias resultantes do que dizem outras pessoas.


============================================================================


>>> Dicas para posar para um ensaio fotográfico

Hoje em dia muitas pessoas procuram fotógrafos profissionais para registrar várias fases da vida. É cada vez mais comum fazer ensaios de namorados, de família, individuais e até mesmo ensaios de moda, com pessoas sem experiência em posar, mas que querem fazer fotos bacanas por autoestima ou para tentar ingressar nesse universo.

Muitas pessoas têm esse desejo, mas às vezes se intimidam na frente do aparato fotográfico, não relaxam, ficam ‘duras’, e podem acabar não saindo bem na foto, além de dar mais trabalho ao fotógrafo. E sair bem na foto tem nada a ver com ser bonito ou feio, pois, independentemente de beleza, a pessoa pode ser fotogênica ou saber posar. Geralmente o que mais ajuda é ficar à vontade com o fotógrafo, assim conseguindo boas fotos.

Para tentar ajudar quem tem vontade de fazer um ensaio fotográfico, mas acha que não consegue relaxar na frente das câmeras, aqui vai algumas dicas de como ficar mais à vontade ao ser fotografado.


O que a pessoa que não é modelo pode fazer para se sentir mais à vontade com a câmera?

Use a imaginação. Tentar não ver a câmera como uma câmera, imaginar que ela é uma pessoa com quem você está interagindo. A fotografia é bacana quando ela nos diz algo, quando passa algum sentimento. Um sorriso natural, por exemplo, precisa estar preenchido para convencer, e ele pode ter muitas camadas de sentimento. Você pensa numa coisa e cada pessoa interpreta do seu jeito, então é preciso ter algo no olhar que remeta à emoção. Não vale ter vergonha, tem que relaxar e não ficar pensando nos seus defeitinhos. Quanto mais a gente quer esconder algo, parece que mais evidente fica.


Existe um melhor lado para fotografar ou isso é mito? Como a pessoa pode descobrir qual é o seu melhor lado?

Isto é mito. A preferência em relação ao lado de repartir o cabelo e coisas desse tipo. Se for para se sentir melhor, mais confiante, então vale a pena fotografar desse lado. Mas é bobeira se prender a isto. Até porque o mais interessante é você conseguir ter variações de poses e depois se surpreender com o resultado.


Muitas pessoas não sabem o que fazer com as mãos na hora de fotografar. O que você sugere para parecer mais natural?

A dica é da primeira pergunta, pense em situações. Ou seja, se eu estou naquele lugar, o que eu estaria fazendo com as mãos?  Onde elas estariam ou poderiam estar? Tentar deixá-las naturais e dentro do contexto. As mãos também podem ser uma bengala às vezes, pois segurar algo, por exemplo, pode transferir a tensão que estamos sentindo para aquele objeto, deixando o rosto, por exemplo, mais relaxado.


Existe alguma posição melhor para a cabeça e pescoço, para não ficar com queixo duplo ou algum outro tipo de imperfeição?

Isso depende muito do ângulo do fotógrafo, e nesse caso a direção dele é que é essencial para evitar esses problemas. A experiência ajuda nestes detalhes, mas, para quem não é modelo, seguir as orientações do fotógrafo resolve também. O fotógrafo precisa estar atento a isso e falar para a pessoa.

A pessoa deve olhar diretamente para a câmera?

Sim e não. Não existe certo e errado, apenas o que funciona melhor para o objetivo de cada foto.


Como a pessoa deve escolher as roupas?

A produção e o estilo são fundamentais para o sucesso das fotos. As roupas escolhidas precisam “funcionar” na câmera, e isso não tem receita, só testando mesmo. Costumo defender a teoria de que “menos é mais”. Não há necessidade de complicar. A roupa deve ajudar a pessoa a entrar naquele “personagem”. Escolha então as preferidas, as que deixam mais à vontade.
 

Mais dicas?

O ideal é se divertir e curtir a experiência sem se preocupar com o resultado.  Autoconfiança e entrega são ferramentas que a gente não ensina, isso vem de dentro de cada um e é o grande diferencial. 


=============================================================================


>>> Perfil de cor: você sabe o que é isso?

Aprenda o que são os perfis, seus diferenciais e quando é melhor cada perfil

A maioria das câmeras DSLRs tem a opção de escolha do espaço de cor usado pelo sensor na hora de captar a imagem. Essa seleção é essencial para o gerenciamento preciso da cor para fins profissionais e também fornece mais flexibilidade para quem fotografa por simples hobby.

Em termos de fotografia tradicional, é como trocar de filme. Essencialmente, você está alterando a forma como o sensor grava a cor, dependendo do assunto. Assim como um fotógrafo de paisagem pode escolher o filme Fuji Velvia para aumentar a saturação, você pode ajustar a forma como o sensor lida com as cores.

Os perfis de cor utilizados na fotografia digital integram os ICC (International Color Convention) reconhecidos internacionalmente como padrão. Ou seja, uma vez que esse perfil de cor é salvo com a imagem, ela pode ser reproduzida em qualquer dispositivo, em qualquer parte do mundo, com precisão. As DSLRs usam dois perfis ICC – Adobe 1998 e sRGB.


Adobe 1998
O Adobe 1998 é aceito como o padrão da indústria gráfica para provas de cor. Se você pretende reproduzir suas fotos em livros ou revistas, este é o perfil a ser usado. A vantagem do Adobe 1998 é que ele tem uma gama de cores maior do que a do sRGB, proporcionando mais latitude durante o processo de impressão.


sRGB

A outra opção é usar o perfil sRGB, e muitas DSLRs têm mais de uma opção de sRGB. Embora ele tenha uma gama de cores menor do que a do Adobe 1998, freqüentemente produz melhores originais direto da câmera – assim, se você não planeja usar suas imagens comercialmente, esta pode ser a melhor opção. Se você fotografa exclusivamente para a Internet, que dispõe de uma gama relativamente pequena de cores, selecione o perfil de cor sRGB.

Dos dois perfis sRGB disponíveis nas DSLRs, um é usado para fotografar pessoas (sRGB 1) porque produz tons de pele mais naturais, enquanto o outro (sRGB 2) é utilizado para fotografia de natureza e paisagens, porque produz cores mais intensas e saturadas.


=============================================================================


>>> Guia Prático de Fotografia – Retratos

A fotografia é uma forma de ficção. É ao mesmo tempo um registo da realidade e um autorretrato, porque só o fotógrafo vê aquilo daquela maneira.”  (Gérard Castello Lopes)


Na sua definição mais generalista, Fotografia significa “desenhar com luz e contraste”, mas também significa ver aquilo que mais ninguém vê, do modo como apenas você vê. Chegar a este ponto de consciência artística envolvente da realidade permite que você perceba algo e o transmita sob a forma de poesia visual. E isso é a génese da Fotografia de Autor, como forma de Arte, no seu sentido mais puro.

Leia este guia de truques e dicas que o podem ajudar naquele momento de indecisão entre a escolha da definição mais acertada para determinada situação.


DICA: Para perceber os termos técnicos utilizados neste guia consulte o seguinte glossário de termos de fotografia.


RETRATOS – TOP DICAS:


Close-up para capturar emoções da pessoa retratada


Para melhores retratos… de crianças ou dos locais onde brincam coloque-se ao nível das crianças para dar relevo às suas expressões faciais.


Os olhos deve ser o ponto de foco principal num retrato (a não ser que queiramos chamar a atenção para outras regiões do corpo).


Experimente planos aproximados, centrados na testa e  no queixo para evidenciar as feições da pessoa fotografada.


Evite o enquadramento central. Opte por enquadramentos diferentes e originais. Experimente enquadramentos criativos colocando a pessoa fotografada num dos terços da foto – e procure colocar os seus olhos próximos dos pontos de ouro (determinados pela regra dos terços).


Retratos que envolvam o meio onde a pessoa está a ser fotografada são a génese do fotojornalismo. Seja criativo.


Utilize a medição Matricial e uma compensação de exposição positiva para atribuir mais dramatismo e contraste aos seus retratos


Para obter retratos perfeitos a luz é crucial. Para acentuar pequenos detalhes, a luz deve ser lateral.


Jogue com a luz alguns dos retratos mais impressionantes são feitos com recurso ao Low Key. Ao contrário do High Key, o Low Key é composto majoritariamente por sombras. Para conseguir boas fotografias neste estilo, siga as seguintes dicas: utilize um fundo escuro ou com pouca luz; se usar flash, concentre-o em poucas áreas do assunto a s